Como pequenas empresas virtuais podem se destacar frente às gigantes do varejo?

Em entrevista ao Varejo 1 o especialista em e-commerce Fernando Mansano fala sobre os desafios enfrentados pelas pequenas e médias empresas virtuais, a importância da escolha da plataforma ideal e os principais erros cometidos pelos empresários por falta de informação. Fernando é fundador e escritor do blog E-commerce Class que foi eleito um dos melhores do país e Diretor de Alianças Estratégicas da JET E-commerce.

  1.  Em sua opinião qual é o primeiro passo para quem deseja abrir uma empresa virtual?

Primeiramente o planejamento do negócio, análise e estudo do mercado, produto, público, logística e toda a cadeia que envolve a gestão da sua empresa. Feito isto, pesquisar a empresa que irá desenvolver sua plataforma de e-commerce. Entender o processo de implantação, recursos a ser utilizado bem como o suporte que você irá receber após ter sua loja virtual pronta.

2.      Quais são os principais desafios e dificuldades enfrentados pelas pequenas e médias empresas virtuais?

O grande desafio das PME’s é se destacar frente às grandes empresas dentro do mundo virtual, assim como no comércio físico. Visibilidade, confiança dos consumidores, preço, investimento pesado em campanhas publicitárias, ótimo posicionamento nas ferramentas de buscas, entre outros fatores fazem com que as pequenas e médias empresas tenham dificuldade para um conquistar um bom posicionamento. No entanto, ainda que exista concorrentes, o mundo conectado é democrático, permite inserção e divulgação a baixo custo de investimento, se tornando o espaço ideal para começar e/ou expandir seus negócios.

3.      Qual a importância da escolha de uma plataforma?

A plataforma é a base do seu e-commerce. Ao definir a empresa que irá desenvolver sua loja virtual é preciso levar em consideração diversos detalhes, mas irei pontuar alguns cruciais:

Page views – Qual a quantidade de page views que a empresa que você está fechando permite? O número de page views da sua página é o termômetro do seu faturamento. Quanto mais page views, mais venda. Atente-se se o oferecido atende a sua necessidade e se o excedente não vai acabar excedendo na sua conta.

Escalabilidade – Meu negócio cresceu demais e a plataforma que possuo agora precisa ser totalmente aperfeiçoada para atender à minha demanda. A plataforma que você fechou é escalável e flexível a mudanças? Crescer é o que toda empresa deseja, procure por uma solução que acompanhe sua evolução.

Atualizações de Recursos- Com que frequência sua plataforma de e-commerce ganha uma nova versão, atualizada com novas ferramentas e recursos? Inovação constante é o segredo para diferenciar sua loja virtual.

Suporte – Ainda que você possua um painel administrativo para gerir toda a cadeia do seu e-commerce, sempre surgem dúvidas com relação ao uso das ferramentas disponíveis. Escolher uma empresa que esteja presente no pós-desenvolvimento de plataforma é outro ponto bastante considerável.

Ferramentas de Divulgação –Escolha uma plataforma que ofereça também automatização na gestão do marketing, como cupons de desconto, vale presentes, descontos, brindes, entre outros. Tais funcionalidades contribuem para conversão de vendas e promoção da sua loja.

4.      Quais são os erros mais comuns cometidos pelos empresários por falta de informação ou planejamento quando se trata de uma loja virtual?

Falta de controle na gestão da loja e plano de Marketing insuficiente ou nulo. Não se pode achar que simplesmente ter uma loja virtual vai fazer com que seu e-commerce lucre. Investimento em ações de marketing para divulgação dos seus produtos, SEO, anúncios em sites e portais que alcancem seu público, promoções, presenças nas redes sociais, entre outras estratégias que façam sua marca aparecer diariamente. Além disso, falta de mapeamento das vendas, planejamento do negócio, do comportamento do consumidor navegando pela sua loja, mensuração e análise dia a dia dos relatórios são erros comuns e que estão diretamente ligado ao sucesso da sua loja. É preciso acompanhar todo o fluxo de compra das suas vendas. Porque seu cliente desistiu da compra? Alguma etapa está dificultando a navegação do meu consumidor? Análise e encontre respostas. E a pessoa que analisa estes dados, tem conhecimento do mercado do seu negócio e da operação de e-commerce? A internet é um ótimo lugar para ganhar dinheiro, mas é preciso controle, dedicação e pessoas qualificadas para alcançar as grandes cifras.

5.       Quais são os mecanismos ou ações que pequenos e médios empresários podem adotar para otimizar as vendas online ou aumentar sua atuação enquanto empresa virtual?

Trabalhar com nichos específicos e divulgação segmentada. Essas duas estratégias permitem que você alcance um público singular, com um produto que irá se diferenciar dos comumente oferecidos. Personalizar, customizar, dar exclusividade aos clientes com produtos e serviços que os atenda de forma individual. Dê certo, traçar um diferencial, fará com que sua PME alcance ainda mais sucesso online.

6.       Em sua opinião qual é a principal tendência hoje quando o assunto é e-commerce no Brasil?

Mobile commerce. Segundo dados do relatório E-bit , o M-commerce mais do que começou a ganhar espaço entre os e-consumidores, sendo que em junho de 2012 o share em volume transacional do segmento era de 1,3%, passando para 2,5%, em janeiro de 2013, e chegando a 3,6%, no mês de junho. Com certeza as empresas terão que aperfeiçoar a experiência de compra e estratégias de marketing para otimizar a compra via dispositivos móveis.

Fonte: Varejo 1