Pesquisa detalhou aspectos da primeira compra em lojas virtuais. Em 37% dos casos, preço foi determinante para o surgimento do e-consumidor e 97% vão voltar a comprar online

Pesquisa novo e-consumidor

Em 2012, o e-commerce brasileiro conquistou 10,3 milhões de novos consumidores, alcançando assim o número de 42,2 milhões de pessoas que fizeram ao menos uma compra no ambiente on-line, segundo dados do e-bit.

E, para levantar um perfil desses novos consumidores, o Mundo do Marketing, revista eletrônica na Internet especializada em Marketing, em parceria com a Consumoteca, empresa de pesquisa e inteligência de mercado, realizou a pesquisa “Novos E-consumidores”. A categoria de entrada nas compras online apontada foi “eletroeletrônicos/informática”, com 47% dos primeiros pedidos, seguida por eletrodomésticos com 42%, roupas/acessórios/calçados com 20%, e livros/revistas com 19%, e o que motivou o brasileiro a realizar a compra virtual foi o preço, em 37% das respostas.

Ao serem perguntados sobre os motivos pelos quais não compravam pela internet antes e resolveram comprar agora, 28% tinham medo do produto não chegar e agora confiam, 23% tinham medo de roubo dos dados pessoais e de cartão de crédito e passaram a ter segurança. O estoque exclusivo nas lojas virtuais também apareceu como uma das razões, com 10%. Já a falta de tempo de ir à loja física também foi indicada com 7%, enquanto 1% indicou que o ato de ir até a loja física era um passeio.

Já no quesito “pontos que te surpreenderam positivamente”, o preço mais uma vez lidera na experiência positiva de compra pela internet com 54%, seguido por frete grátis com 43%. O fato do produto chegar em perfeito estado e a entrega rápida com 37% e 35%, respectivamente, também foram citados.

57% dos compradores consideraram satisfatória a primeira compra e 35% ficaram muito satisfeitos. Aqueles que não gostaram da primeira experiência somaram apenas 6%. Além disso, 97% disseram que voltarão a comprar on-line.

Outros destaques

A pesquisa ainda revelou outros pontos importantes da experiência do novo e-consumidor: O cartão de crédito foi a principal forma de pagamento para 61%; As principais portas de entrada para que encontrassem suas lojas virtuais foram Busca no Google (26%) e e-mail marketing (23%). As grandes lojas são preferidas por 74% dos entrevistados.

Classe B prevalece

A amostra do perfil dos entrevistados apontou que a Classe B, com 62%, é onde está a maioria dos novos e-consumidores, seguidos das Classes C/D com 27% e Classe A com 12%. Em localização o Sudeste lidera com 58%, o Nordeste possui 20% e o Sul 10%.

Na divisão de gênero, há empate entre masculino e feminino. A faixa etária, predominante é de pessoas com 40 a 49 anos, seguidas pelas de 50 a 58 anos, com 28%. As pessoas com idade entre 20 a 29 anos e 35 a 39 anos estão empatados com 17%.

Metodologia

Foram entrevistados 674 novos e-consumidores com 20 anos ou mais por meio de questionário aplicado no mês de março de 2013. Todos os entrevistados realizaram a sua primeira compra online nos 6 meses anteriores à pesquisa.

Sobre o Mundo do Marketing:

O Mundo do Marketing é a única revista eletrônica na Internet especializada em Marketing com conteúdo proprietário sobre o setor com cases, reportagens, entrevistas, artigos e blogs exclusivos acessada por 190 mil profissionais da área. Pesquisa realizada com os usuários (Gerentes, Diretores e VPs de Marketing) qualifica o portal como um veículo de comunicação de credibilidade e importância. Para 39% o Mundo do Marketing é altamente confiável e para 61% confiável. Com cinco anos no ar, o conteúdo do Mundo do Marketing também é publicado nos portais das revistas Exame e HSM Management.

 

Informações à imprensa;

NB Press Comunicação
Contato: Danielle Rodrigues / Nicole Barros
Tel.: 11 3254-6464
e-mail: daniellerodrigues@nbpress.com;nicolebarros@nbpress.com